Pedro Magalhães

Europeias. Aximage, 5-7 Maio, N=600, Tel.

Antes de redistribuição de indecisos:
PS: 38,5%
PSD: 32,3%
BE: 9,2%
PCP: 8,7%
CDS-PP: 5,6%
OBN: 0,7%
Indecisos: 5,0%

Após redistribuição (proporcional) de indecisos:
PS: 40,5%
PSD: 34,0%
BE: 9,7%
PCP: 9,2%
CDS-PP: 5,9%
OBN: 0,7%

São assim quatro as sondagens divulgadas até ao momento sobre as Europeias:

  • Anonymous says:

    O que se pode retirar destas sondagens…..

    As grandes diferenças sobre a abstenção, esta ultima da Aximage para o CM, dá na pratica SETENTA POR CENTO de abstenções, julgo que será muito mau , se este resultado se confirmar, 30% de votantes revela um desinteresse total.

    Quanto aos resultados:

    O BE vai dos 8,4 aos 18

    O CDS do 2 aos 6,9

    São diferenças muito grandes.

    Mesmo o PS entre os 33,1 e os 40,5tem uma margem demasiado larga.

    Só o PCP entre os 7 e os 9,2

    E os PSD entre os 32,9 e os 36

    Têm resultados aproximados.

    Algo está errado nestas sondagens para as Europeias, será a questão da abstenção?

    É que nas legislativas os resultados de todos os partido (á excepção do CDS),têm diferenças bastante mais aproximadas.

  • Anonymous says:

    Neste caso qual seria a distribuição de deputados?

  • Deputados: 9, 8, 2, 2, 1. Sobre as discrepâncias, são certamente grandes. Em eleições com alta abstenção, diferentes maneiras de medir quem irá votar podem ter implicações importantes no resultado. Esse factor pode pesar muito mais nas discrepâncias do que o erro amostral ou enviesamentos causados pelo modo de inquirição, por exemplo.

  • Manuel Silva says:

    Pedro,

    Com base nesta ultima sondagem,qual a luta pelo ultimo deputado?psd 9 contra 2º da CDU?

    cmps

  • Anonymous says:

    Estaria muito mais proxima o PCP de conseguir o segundo que o PSD o nono, não sei se o Pedro Magalhães está de acordo?

  • Não dá para fazer uma “poll of polls” disto tudo? Obrigado pelo serviço público, Pedro Magalhães!

  • Com base nesta sondagem:

    a) o PS elegeria o 1º, 3º, 5º, 7º, 11º; 13º; 15º; 17º; e 21º representantes portugueses no PE (total de 9)

    b) o PSD teria o 2º; 4º; 6º; 10º; 12º; 16º; 18º; e 22º (total de 8)

    c) o BE, o 8º e 19º (2)

    d) a CDU, o 9º e 20º (2)

    e) o CDS, o 14º (1)

    Os “23º; 25º e 27º lugares” (não elegíveis) seriam ainda do PS; com o PSD a ter os 24º e 26º; o BE só surgiria novamente em 28º lugar (neste cenário, o BE só chegaria ao 3º eleito a partir de cerca de 12,8 %)…

  • Obrigado Leonel. Muito útil.