Pedro Magalhães

Até na Science se fala do "Bradley effect"…

Do Voter Surveys Underestimate the Impact of Racial Bias?

3 Comments

  1. Anonymous says:

    Pragmaticamente, espero que este efeito seja bem forte. Não é a melhor forma de Obama perder, mas é bom que perca.

    Uma América com Obama vai ser um caldo demasiado picante nestes tempos em que o mundo como o conhecemos se desmorona.

  2. Mário Azevedo says:

    Só agora me apercebi de que abriu uma caixa de comentários, o que acho excelente. Quanto ao Bradley effect, só se fala nele porque Obama está (bem) na frente e porque sem ele isto já teria perdido toda a piada. Estas eleições já estão no papo.

  3. Anonymous says:

    Há quem não vote nele porque é negro (mestiço) e quem vote nele precisamente porque é negro.
    É muito dificil dizer se Obama ganha ou perde votos por causa da sua raça e mestiçagem.
    A enorme maioria dos que estariam predispostos a votar num candidato por causa de ele ser negro já votavam no partido democratico. Quando muito Obama consegue captar alguns votos à abstenção devido à cor da sua pele.
    Da mesma forma a grande maioria daqueles que consciente ou inconscientemente não votam num candidato por causa da sua raça já votavam no partido republicano. Não me parece que seja muito frequente que Obama perca votos de potenciais apoiantes do partido democratico para o candidato do partido republicano ou para a abstenção por causa da sua cor. Também não me parece que um potencial abstencionista se sinta mais votado a votar no candidato republicano por causa do candidato democratico ser negro.

    O que pode acontecer, mais frequentemente que o efeito Bradley devido à raça do candidato, é o efeito “média”. Os inquiridos tendem a dar respostas que sabem serem bem acolhidas. Ora parece-me, acompanho isto muito de longe, que o apoio mediatico a Obama, o fervor Obamiano é bastante intenso. Por outro lado qualquer candidato republicano teria de enfrentar o efeito “pato donald” que aqui mencionou, ser associado ao actual presidente provoca animosidade a muitas pessoas.
    Isto pode fazer hesitar, atemorizar, alguns apoiantes de McCain. É por esta razão que em Portugal apoiantes do PCP ou do CDS tendem a estar subrepresentados nas sondagens.

    Estes efeitos, derivados da maior visibilidade social e mediatica dos apoiantes de Obama, podem superar o eventual efeito Bradley.
    Lembro o 1º referendo ao aborto em portugal.

    Para mim a grande incerteza é o comportamento da abstenção. Os eleitores de Obama parecem estar muito mais motivados, o que pode conduzir a votações com maior diferencial que o indicado nas sondagens. Mas esse entusiasmo pode também estar associado à pressão mediatica.

    Por ultimo se tirarmos a Obama o voto racial dos eleitores negros será que Obama ganharia? Sem o voto dos eleitores negros alguma vez um candidato democratico seria eleito?

    Cam

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.