Pedro Magalhães

Bebedeira de sondagens

A analogia entre a disponibilidade de muitos resultados de sondagens e uma “bebedeira” é curiosa. Mas podemos melhorá-la.

As bebidas alcoólicas estão disponíveis em todo o lado. São reguladas, como as sondagens, e só estão disponíveis para maiores de 16. A partir daí, só se embebeda quem gosta ou quem não sabe beber. Se bebermos demasiado sem comermos nada de substantivo, vamos certamente ficar mal dispostos. Se fizermos misturas, sem saber o que estamos a beber, vamos passar um mau dia seguinte. E há também os alcoólicos, que não podem passar sem o produto e passam a vida a pensar sobre e a falar dos resultados de sondagens.

Não há uma “bebedeira de sondagens”. Quem se pode embebedar são alguns dos seus consumidores, se forem inconscientes. E cuidado com os movimentos de temperança. Até podem ter objectivos louváveis, mas tal como sucedeu na Prohibition nos Estados Unidos, o álcool não desapareceu. Em vez disso, tornou-se clandestino, de má qualidade e um bom negócio para mafiosos. Com as sondagens, é exactamente a mesma coisa.

No Comments Yet

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.