Pedro Magalhães

Intenções de voto: actualização

Alma caridosa – neste caso concreto, a de alguém que sabe mais de sondagens a dormir do que eu acordado – enviou-me os dados da Aximage desde 2005. São 27, excluindo aquelas em que apenas foram apresentados no Correio da Manhã intenções de voto brutas no PS e no PSD. Falta a estes dados, na maioria dos casos, uma distinção entre indecisos e “outros, brancos e nulos”, o que dificulta as operações. Mas presumi que os OBN são 5%, o valor médio nas poucas sondagens da Aximage que apresentaram esses valores. A partir daqui, redistribuí da maneira habitual, etc.

Abaixo, a actualização do gráfico com os novos dados, usando o smoothing mais sensível e as linhas de referência discutidas no post abaixo. As diferenças são quase indetectáveis, como seria de prever.

2 Comments

  1. Anonymous says:

    Viva,
    Não deixade “saltar à vista” que as curvas do PS e do PSD são simétricas: um sobe na “exacta” medida em que o outro desce…
    RA

  2. Anonymous says:

    De acordo com as sondagens diáias realizadas para o PS durante a campanha das últimas legislativas, através da introdução de perguntas diárias de despistagem de informação é possível estabelecer uma relação directa entre as duas manchetes do Independente de 11 e 18 de Fevereiro e a maioria absoluta. O professor Jorge Sá conta nas suas aulas que o extinto semanário ajudou e muito à maioria absoluta. Até então Sócrates ganhava sem maioria e, com o discurso da vitimização, passou a estar acima da MA.E agora?

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.