Pedro Magalhães

Legislativas. CESOP, 4-8 Setembro, N=1281, Pres.

Os resultados completos podem ser consultados aqui.

P.S- E obrigado ao Eduardo por não lhes chamar “previsão” 🙂

7 Comments

  1. beijokense says:

    Pedro Magalhães,

    a “queda do PS” que menciona é estatisticamente significativa considerando apenas os que dizem que de certeza que vão votar, certo?

    Não o é se considerar todas as respostas a intenção de voto?

  2. O Moscardo says:

    Caro Pedro,
    compreendo que para quem nele trabalha, CESOP é uma designação “imediata” mas, por uma questão de clareza, colocaria o nome completo do CESOP – Centro de Sondagens e Estudos de Opinião da Universidade Católica Portuguesa – no blog (ou pelo menos CESOP-UCP), para que leitor saiba, de imediato, que é a que surge em todos os jornais como “…da Universidade Católica”. abraços. O Moscardo

  3. Mónica says:

    Pedro, o facto da recolha ter ocorrido precisamente em cima do “caso TVI” (o caso aconteceu dia 4, a recolha entre 4 e 8) não poderá ter afectado (negativamente) os resultados do PS? Ou seja, não seria de esperar que, depois de passado o “frisson” (mesmo que só alguns dias depois), os resultados pudessem ser diferentes?

  4. Helena says:

    Fiquei com uma dúvida acerca da sondagem!
    Nas intenções directas de voto, surgem 19% de pessoas que não sabem em quem vão votar, assim como outros tantos que votam em branco e outros inquiridos que recusam responder.
    Com este número de pessoas indecisas parece-me que é difícil “desempatar” e só saberemos o que vai acontecer quando as urnas fecharem.
    Ou, o facto de exisitirem tantos indecisos não altera a certeza (possível) destes resultados.
    É uma dúvida naif, mas sincera!

    Helena Chaves Costa

  5. joao cabral says:

    O PNR é quem vai à frente nos pequenos partidos? À frente do MEP em quem tanta gente depositava tantas esperanças? Pode ser retirada daqui alguma análise?

  6. Caro Pedro,

    assumindo que estavamos perante o resultado das legislativas, como seria a distribuição de mandatos?

    Obrigado
    Vicente

  7. Sim, certo, beijokense. Obrigado pela sugestão Moscardo. Talvez, Mónica, mas como saber? Helena: muitos indecisos abstêm-se, mas outros não, e não creio que seja indiferente o seu comportamento. Os valores para os pequenos partidos não permitem quaisquer inferências. Distribuição de mandatos é fazer estas contas: http://margensdeerro.blogspot.com/2005/01/regra-de-trs-simples-mas-longo.html

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.