Pedro Magalhães

Legislativas. Marktest, 14-19 Abril, N=803, Tel.

PS: 36,2% (36,7%)
PSD: 26,4% (28,4%)
BE: 13,6% (12,6%)
CDU: 11,2% (8,9%)
CDS-PP: 8,3% (9,4%)
OBN: 4,3% (4,0%)

Aqui (via Eleições 2009).

2 Comments

  1. libertas says:

    Li a ficha técnica. Vejo que os resultados apresentados são ponderados pelo voto das elições de Fev/2005.

    Considerar o voto de 2005 faz todo o sentido se o entrevistado:
    -se lembrar em que partido votou;
    -e não mentir.

    Poderá haver entrevistados com vergonha de assumirem o voto de 2005, afirmando ter votado no mesmo partido em têm agora intenção de votar.

    E.g., em 2005 votei A, mas entretanto arrependi-me e em 2009 vou votar B. Por vergonha, qd perguntado, afirmo ter votado B em 2005 e manifesto a intenção de votar B em 2009. Na sondagem, o partido B sai prejudicado (pq não conquista novos eleitores) e o partido A sai beneficiado (pq não perde eleitores).

    Nesta sondagem, quem perde e ganha com este método?

  2. Oigo says:

    Consultando o histórico da marktest (desde Janeiro de 2008) chego a uma curiosidade: os valores de OBN (votos em branco ou noutros partidos) atingem o valor máximo antes da ponderação, ou seja, atingem o valor máximo em dados brutos e em dados brutos com distribuição de indecisos.
    Havendo dois novos partidos na praça diria que são dados curiosos a acompanhar nos próximos meses.

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.