Pedro Magalhães

Legislativas. Marktest, 16-20 Junho, N=800, Tel.

PSD: 35,8%
PS: 34,5%
BE: 13,1%
CDU: 7,7%
CDS: 4,4%
OBN: 4,5%

Aqui.

Actualização: agora que os resultados estão no site da Marktest, é possível corrigir a própria notícia da TSF linkada acima, que atribui 9,4% à CDU. Na verdade, são 7,7%. Mas ao contrário do que é sugerido num comentário muito infeliz a este post, o CDS-PP tem mesmo 4,4%. Já tinha na notícia da TSF, e continua a ter na ficha técnica da sondagem da Marktest.

10 Comments

  1. Libertas says:

    Vira o disco e toca o mesmo:

    1. CDS com 4,4?! Já ninguém acredita!
    2. BE com muito mais que nas europeias!!!!!

  2. Libertas says:

    Estimativa de mandatos:

    PSD 96
    PS 88
    BE 27
    PCP 18
    CDS 5

    -Direita em minoria
    -PS+BE no limiar da maioria absoluta.

    BE censura governo de PSD e deixa passar governo minoritário do PS?

  3. Libertas says:

    Os 13,1% do BE são absolutamente delirantes.

    -Que razões terá o novo eleitorado do BE para se ter abstido na europeias e agora ter uma vontade imensa de ir às urnas?

    -admitindo que a abstenção será de 35%, temos que o BE terá que que ter mais de 16% dos abstencionistas das europeias que irão às urnas na eleição de deputados da AR. 16%!: que os levou a ficar em casa?

    -Eu percebo o motivo dos PS´s terem ficado em casa, mas os do BE?!

  4. Tiago Abreu says:

    Certamente mais uma anedota. Grava não é errar, é persistir no erro. O Bloco continua a ser o favorecido (neste caso até ridiculamente demais), para variar o CDS volta para os seus números pré-eleições (os das serissimas sondagens), ou seja 2, 3 ou 4%. As urnas indicarão outra realidade, os autores das sondagens não pedirão desculpas e andaremos nisto cantando e rindo alegremente à Portuguesa. Acabem com estas palhaçadas!

  5. aquiaolado says:

    Nas europeias (em relação às últimas legislativas):

    PS -1650000 votos (- um milhão e meio de votos)
    PSD -525000 votos (- meio milhão de votos)
    PCP -55000 votos (- cinquenta mil votos)
    CDS -120000 votos (- cem mil votos)

    BLOCO DE ESQUERDA + quase 20000 votos!!!!!!!!

    …a verdade é que o BE sedimenta votantes em número absoluto em relação às últimas legislativas, é o único a fazê-lo mesmo com abstenções de mais de 60% (foram mais de 382000 votar no BE), ou seja tendo como referência que todos sofreram com a abstenção (até o Bloco) os 10% podem muito bem transformar-se em 13% ou 14% ou 15%. Verdade também é que no resultado das presidenciais fizeram quase 300000 votos, quando existia uma candidatura pelo menos percebida como da mesma área política (Manuel Alegre) e com o PS com um Senador – pelo menos percebido como o Sr. Socialismo em Portugal (Mário Soares). O BE, penso, ao contrário do que é corrente, que sedimenta eleitorado sucessivamente (cativa as pessoas no reconhecimento da validade da sua proposta; são cidadãos que vêm e já não voltam para outras propostas políticas, são cidadãos que consciencializam a proposta bloquista como legítima e mais válida que as restantes – afinal como costumo dizer o Louçã é só mais um cordeiro tipo Lula, vai para lá gerir o sistema de uma forma mais social, não vai fazer nenhuma revolução (no sentido de corte total).
    A questão aqui é apenas como sofrerá esta sedimentação com o voto útil nas próximas legislativas.

    Histórico BE
    Legislativas 2005 – 360000
    Presidenciais 2006 – 290000
    Europeias 2009 – 380000

  6. Libertas says:

    Ups… Assim, sim:

    PSD 93
    PS 87
    BE 27
    PCP 18
    CDS 5

  7. Pedro Penilo says:

    Libertas: esse cálculo dos mandatos está mal feito. Não são eleições de círculo único, como as europeias. É necessário saber a distribuição dos votos por círculo. Coisa que um barómetro de 800 gatos-pingados não permite com credibilidade.

    Pedro Magalhães: creio que há uma gralha no resultado da CDU. No barómetro é 9,4%.

  8. zemanel says:

    Realmente também já chateia. Há qualquer coisa que não funciona – compete aos investigadores sociais investigarem. Isto porque ainda acredito na bondade dos técnicos que estão por detrás deste instituto.
    Ninguém percebe os esultados da CDU e do CDS e muito menos a estonteante paixão dos inquiridos em sondagens pelo BE…

  9. Jardim says:

    Já todos percebemos a embirração do senhor deste blog para com o CDS/PP…agora mentir é muito feio.

    Fala aqui numa sondagem da marktest, pois deixo-vos o link onde o CDS está com 7,7%, a CDU aparece sim com 4,4%.

    O minimo era corrigir…

    http://www.marktest.com/wap/a/p/id~e9.aspx

  10. Caro Jardim,

    Talvez não tenha reparado que o post que acaba de comentar tem uma ligação para a fonte, a notícia da TSF. Se a ler, verificará existência da seguinte passagem: “Em relação ao CDS, o Barómetro atribui 4,4 contra os 7,1 do mês passado.”

    Mas já que faz o link para a Markest, sugiro que vá um pouco mais longe e consulte a ficha técnica da sondagem de Junho: http://www.marktest.com/wap/a/p/s~5/id~e9.aspx

    Verificará que, no quadro de resultados, na coluna “votos ponderados”, são atribuídos 4,4% ao CDS-PP.

    Passe bem.

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.