Pedro Magalhães

Margens de Erro

Sobre o estudo do ICS sobre sexualidade

Posted May 6th, 2008 at 10:32 am4 Comments

Recordava-me deste post de Eduardo Pitta e acabo de vir (foi só subir as escadas) da apresentação dos resultados do estudo pelo Pedro Moura Ferreira. Há uma clarificação importante a fazer. Em relação àquilo que EP menciona no post, falta um ponto na escala que foi realmente aplicada no inquérito: "nunca erradas". E o mais interessante - confirmando, de resto, o que EP sugere no post - é que as categorias intermédias são residuais: as respostas mais frequentes são "totalmente erradas" e "nunca erradas", sendo que a primeira é a moda (no sentido estatístico de ser a opção mais escolhida, claro). Assim, sobre o uso desta escala, e sobre as suas consequências sobre o "pretenso rigor do estudo" (e sem querer ser "caseiro") acho que a conclusão de EP é algo precipitada, fruto eventualmente da notícia que lhe serviu de fonte.

Outro ponto relevante: quer em relação à homossexualidade feminina quer masculina, as mulheres escolhem a opção "nunca erradas" mais frequentemente que os homens. O oposto sucede, por exemplo, em relação à infidelidade. E entre os mais jovens, a escolha do "nunca erradas" é mais frequente em ambos os casos. Tudo previsível.

by Pedro Magalhães

Leituras e limites das sondagens

Posted May 5th, 2008 at 6:09 pm4 Comments

Algumas coisas com as quais tendo a concordar:

Sondagens & afins, no Origem das Espécies.

Sondagens & sondagens, no Tempo das Cerejas.

Em jeito de reciprocidade, no Lugares comuns.

Estudos de Mercado e Profecias Auto-Realizáveis, no Dissonância Cognitiva.

Apesar de tudo e do pessimismo de Vítor Dias, a verdade é que não me recordo de, antes da blogosfera, haver sítios onde se discutissem publicamente estes assuntos. Menos mal.

by Pedro Magalhães

May Boris be with you

Posted May 2nd, 2008 at 9:10 pm4 Comments

Eu bem tinha avisado. Confirma-se. Primeira medida: caça à raposa em Hampstead Heath, suponho.

by Pedro Magalhães

Oops…

Posted April 29th, 2008 at 6:12 pm4 Comments


by Pedro Magalhães

Fundação Vox Populi

Posted April 28th, 2008 at 3:16 pm4 Comments

Luis Queirós, da Marktest, e a sua mulher, Paula Queirós, criaram uma fundação sem fins lucrativos, chamada Vox Populi, com objectivos que "visam a prossecução e difusão das boas práticas aplicáveis à exegese dos estudos de opinião, ao desenvolvimento de investigação científica, académica e de cidadania, vocacionado para o estudo das comunidades portuguesas espalhadas pelo Mundo, na perspectiva de incentivar e promover a defesa da sustentabilidade e do progresso social e ambiental."

É uma boa notícia.

by Pedro Magalhães

Jovens e política

Posted April 28th, 2008 at 12:15 pm4 Comments

Já não é novidade para ninguém que o Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Católica, que dirijo, fez o estudo mencionado pelo Presidente no discurso do 25 de Abril. O estudo já foi muito comentado e não serei eu nem o Jesus Sanz, co-autores, que o vamos comentar para já. Os dados são passíveis de muitos tratamentos mais exaustivos e sofisticados, que tencionamos fazer. E estamos disponíveis para todos os esclarecimentos. Mas o que tínhamos para dizer para já, e com o tempo disponível, está lá, e agora cabe a outros dizerem o que muito bem entenderem.

No entanto, fica aqui de novo a ligação ao documento completo. Só faço isto para notar que muito do que tenho lido sobre o tema sugere que, quem comentou, não leu. Ou se leu, interpretou mais aquilo que já pensava sobre o assunto do que aquilo que o estudo realmente sugere.

by Pedro Magalhães

Pennsylvania,3

Posted April 23rd, 2008 at 2:37 pm4 Comments


Mas apesar disso, ainda não podem vir cortar. Eu aviso quando chegar a altura.

by Pedro Magalhães

Pennsylvania, 2

Posted April 23rd, 2008 at 2:35 pm4 Comments

A propósito da campanha Clinton na penúltima NYRB. Lembrei-me muito de mim e do meu dedinho:

The Clinton campaign's false assumption—based on a 350-page, state-by-state study in the summer of 2007 by key strategist Mark Penn—that Clinton's victory was "inevitable" led to a series of mistakes: (1) presenting herself as the "inevitable" nominee; (2) prematurely running a general election campaign; (3) assuming that the race would be over on February 5—Super Tuesday; and (4) believing that a number of small states that held caucuses could be skipped. And if Penn's strategy didn't work there was no Plan B. It's never a good idea to have a pollster in an important policy position in a campaign, since he or she can design the polling to get the answers he or she wants, as some believed Penn had done in the Clinton White House.

by Pedro Magalhães

Pennsylvania

Posted April 23rd, 2008 at 12:22 pm4 Comments

As sondagens portaram-se geralmente bem. Clinton tem mais um balão de oxigénio. A possibilidade de ainda vir a chegar a uma maioria dos votos é algo distante, mas existe. Continua tudo em aberto. Já o bem ou mal que isto faz à candidatura democrata, seja ela qual for, é outra conversa.

by Pedro Magalhães

Outlier: só uma ideia

Posted April 23rd, 2008 at 11:44 am4 Comments

A propósito da "meada de calculismos" no PSD de que fala Rui Ramos hoje no Público, há um tema sobre o qual, no dia de hoje, e nos dias de hoje, seria bom voltarmos a ouvir as opiniões da candidata Manuela Ferreira Leite:

Ferreira Leite desaconselha temas da regionalização e referendo europeu
"Outra questão que não deve ser abordada pelos sociais-democratas, acrescentou Manuela Ferreira Leite, é o referendo ao Tratado da união Europeia. 'A questão devia ser deixada ao PS. Qual o interesse do PSD em ter uma campanha em que andará de braço dado com o PS? É tudo o que menos nos interessa', referiu.


by Pedro Magalhães