Pedro Magalhães

Marktest, 14-17 Setembro, N=804, Tel.

Presidenciais, intenções de voto:

Cavaco Silva: 70%
Manuel Alegre: 22%
Fernando Nobre: 4%
Francisco Lopes: 1%
Defensor de Moura: 0,2%

Aqui. A soma disto é 97,2%, mas pela notícia não consigo inferir o que representam os 2,8% em falta.

A diferença em relação à sondagem anterior é, claro, estrondosa. Esta pode ser um outlier, com futuras sondagens a regressarem a valores mais “normais”. Mas pode suceder igualmente que este resultado indique falta de cristalização das ideias e intenções do eleitorado neste momento. Temos de esperar por mais estudos.

4 Comments

  1. Francisco Lopes com 1%?
    Não me parece.

  2. Luis says:

    a sondagem tem 20% de respostas válidas, se não me engano

  3. Augusto says:

    A Marktest é especialista em resultados bombásticos, será incompetência-….
    Será falta de analise ponderada aos resultados obtidos….

    Algo me diz que a Marktest tem de rever os métodos, ou entra numa espiral de total descrédito….

    Cavaco com quase 80% dá para rir….

  4. bravo says:

    Esta sondagem é a lebre. Daqui por umas semanas Alegre dirá: “Cavaco está em clara queda e nós em clara subida. Já houve sondagens que lhe atribuiram 70% dos votos, agora nem chega aos 55%. A nós deram-nos por derrotados, com 22% dos votos, e agora já ultrapassámos os 30%. Meus amigos, é altura do esforço final para a vitória” etc. etc. etc. Aconteceu a mesmíssima coisa, por exemplo, com Rui Rio e Elisa Ferreira no início de 2009. Fretes…

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.