Pedro Magalhães

Marktest, 17-21 Março, N=800, Tel.

PS: 36,7% (38,2%)
PSD: 28,4% (28,8%)
BE: 12,6% (14,0%)
CDS-PP: 9,4% (4,1%)
CDU: 8,9% (10,6%)

3 Comments

  1. libertas says:

    Distribuição de mandatos:
    PS: 98
    PSD: 76
    BE: 24
    CDS-PP: 17
    CDU: 15

    PS só faz maioria com PSD e BE.

    CDS+PS=115! Parlamento inviável?

  2. Anonymous says:

    Como é que se pode dar alguma credibilidade a um barometro em que o CDS em Janeiro tem 8,7 % em Fevereiro passa para menos de metade 4,1% e depois em Março passa outra vez para 9,6%.

    Todos os outros partidos tem evoluções lógicas mas o CDS na marktest tem númenros de 3% e de quase 10% em poucos meses.

    Como se explica ?

    Pedro

  3. Anonymous says:

    «Como é que se pode dar alguma credibilidade a um barometro em que o CDS em Janeiro tem 8,7 % em Fevereiro passa para menos de metade 4,1% e depois em Março passa outra vez para 9,6%.»

    Talvez se possa concluir que o barómetro de Fevereiro tenha subavaliado o eleitorado da Direita-CDS.

    A não ter existido subavaliação, conclui-se que face a Fevereiro o CDS ganhou 5,3% ao PSD; o PSD ganhou 4,9% ao PS; e a esquerda marxista perdeu 3,1% para o PS.

    Luis

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.