Pedro Magalhães

Marktest, 9-10 Maio, N=805, Tel.

A notícia é um bocado críptica sobre percentagens mas com jeito vai-se lá:

PSD: 39,7% (+4,4)
PS: 33,4% (-2,7)
CDS-PP: 9,0% (+1,5)
CDU: 6,5% (-1,6)
BE: 4,8% (-1,2)

18 Comments

  1. 5% do pais virou para a direita ????Por alma de quem???

  2. Libertas says:

    A minha previsão:
    PSD 108
    PS 89
    CDS 17
    CDU 10
    BE 6

  3. Libertas says:

    Pedro,
    Uma correcção: o CDS sobe 1,5% e não os 0,9% do post.

  4. 48,7 % versus 44,7% dos dois “blocos”
    considerados

    não é promissor

    mas é melhor que nada

    não que mude muito….

  5. Pedro Sousa says:

    Parece que aqui o psd está a abrir terreno… nas mais recentes sondagens estavam em empate técnico… nos proximos dias será interessante verificar se o resto das sondagens confirmam ou não esta tendência.

  6. Libertas, obrigado pela correcção.

  7. José Santos says:

    Sem qualquer visão partidária sobre o assunto:

    De acordo com a ficha técnica:
    http://www.tsf.pt/storage/ng1525151.pdf , a distribuição de entrevistados foi:
    -Gr.Porto – 90 entrevistas
    -Litoral Norte – 153 entrevistas
    -Interior Norte – 178 entrevistas
    -Litoral Centro – 128 entrevistas
    -Gr.Lisboa – 162 entrevistas
    -Sul – 94 entrevistas
    Não é dito em lado nenhum que depois desta amostragem ocorre uma estratificação para a real distribuição da população no país.

    Acham esta ditribuição representativa de Portugal Continental?
    (já para não falar nas ilhas e no resto do mundo!)
    (Não deviam estar o interior centro, o Alentejo, por exemplo? Só 94 entrevistas para o Sul?)

    Gostava de ouvir as vossas opiniões técnicas (não partidárias) sobre este assunto.

  8. et says:

    Exacto, será que se pode confiar numa sondagem em que aparentemente se supõe que o número de votantes no Interior Norte é maior do que o número de votantes na Grande Lisboa ? Eu acho estranho mas sou leigo na matéria.

  9. JMCerdeira says:

    Encontrar as percentagens da CDU e do Bloco no meio da notícia é mesmo tarefa difícil. Mesmo na notícia do Económico.

  10. Esta sondagem para mim não conta ….

  11. José Santos says:

    Segundo o site da Marktest, as minhas contas são:

    Sondagem População
    Gr.Porto 11.2% 12.5%
    Litoral Norte 19.0% 19.0%
    Interior Norte 22.1% 22.5%
    Litoral Centro 15.9% 16.1%
    Gr.Lisboa 20.1% 19%
    Sul 11.7% 11%

    Assim verifico que afinal a distribuição é equitativa, mas a forma como os dados são divulgados numa ficha técnica com tantas páginas pode causar enganos em quem a lê.

    Penso que a ficha técnica devia referir os dados resumidos que estão no link que o Dr. Pedro Magalhães colocou, nomeadamente a distribuição da população ou os concelhos de cada zona.

  12. Gonçalo says:

    Desde o início acho que o (grande) número de indecisos estará pendente entre o PSD, o PP ou em não votar.
    A indecisão derivou (deriva) do marketing negativista socrático. Que começa, gradualmente a ser desmascarado.
    O PSD colocou o seu programa na rua, começa a consolidar posições e vai eliminando indecisões.
    Pode ser assim ou não…
    O País teria a ganhar se fosse.

  13. Paulo says:

    As sondagens da Marktest parecem uma montanha russa. Em Março ao PSD eram dados valores mais elevados do que o das restantes sondagens (46,7%). De Março para Abril apresentou variações de 11% (!!) nos dois principais partidos, com o PS à frente. Agora em Maio voltam a inverter-se as posições com variações também relevantes.
    Que explicação pode haver para estes altos e baixos que nenhum outro centro de sondagem regista?

  14. Paulo says:

    Obrigado! Além das indicações que deu ainda li http://fvp-voxpopuli.blogspot.com/2011/01/sondagens-e-eleicoes.html

    Mesmo sem alcançar todos os conceitos técnicos fiquei perfeitamente esclarecido.

  15. Sinceramente não entendendo as sondagens êxedra empresa … Os resultados parecem uma montanha Russa , alem de estarem sempre em contraciclo com as outras três empresas . São resultados sem tendências definidas , não lhe parece estranho ?

  16. Os resultados das sondagens desta empresa têm formato de montanha Russa , além de estarem muitas vezes em contraciclo com as outras três empresas e com variações enormes para as mesmas …
    Não existem “trends ” muito claros , apenas variações bruscas . Não lhe parece estranho ?

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.