offer swiss eta movement rolex replica.

the unique contribution well worth grow to be the conveniences cheap replica uhren.

how many sex doll are many annually?

Pedro Magalhães

Marktest, Presidenciais, 20 de Dezembro

Divulgada hoje a sondagem Marktest para o DN e a TSF:

A evolução da média móvel das últimas três sondagens fica assim:

Em relação às sondagens anteriores, duas confirmações: uma sobre tendências, e outra sobre a impossibilidade de inferências.

A tendência já tinha sido assinalada aqui e aqui: a subida de Soares e a descida de Alegre. Ela vê-se na comparação das sondagens Aximage entre si (Alegre de 19% para 14%, Soares de 12% para 17%), Eurosondagem (Alegre de 16,9% para 12,5%, Soares de 18% para 20,4%) e, agora, Marktest (Alegre de 19% para 16,2%, Soares de 13% para 14,8%). É demasiada regularidade para ser coincidência.

A impossibilidade de inferência já tinha sido assinalada aqui: “em rigor, acho que ninguém pode dizer com segurança quem recolhe, neste momento, mais intenções válidas de voto, Alegre ou Soares.” É certo que, se a tendência anterior continuar, esta questão poderá resolver-se em breve. Mas as diferenças entre os resultados dos diferentes institutos continuam a ser muito grandes e, nalguns casos, em sentidos contraditórios, para além do facto de esta sondagem da Marktest ser, das cinco sondagens mais recentes, a terceira que coloca os dois candidatos a uma diferença inferior à margem de erro amostral.

Lá em “cima”, tudo na mesma…

No Comments Yet

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.