Pedro Magalhães

O Trocas

É cedo, muito muito cedo. Há ainda poucos investidores. Mas notem a evolução da cotação do PS nas últimas 24 horas no Trocas de Opinião:

Ignoremos, para já a previsão em concreto ou a procura de tendências subjacentes. O que me agrada ver aqui é a forma como o mercado reage a tentativas de manipulação. Subidas ou descidas abruptas das cotações – resultantes, por exemplo, de ordens de compra a 100 ou de venda a 1 – são quase imediatamente seguidas de um reequilíbrio.
Quanto ao resto, é cedo, muito cedo, repito. E isto não passa de uma experiência. Mas aqui ficam as cotações às 12:21:
PS: 38.15
PSD: 33.25
BE: 12
CDU: 8.5
CDS: 8
Isto leva-nos para uma outra discussão sobre as capacidades preditivas dos mercados em comparação com as das sondagens (na medida em que uma sondagem seja uma “previsão”, que na verdade não é). É que, com estas cotações, é difícil ignorar o facto de que, naturalmente, os resultados das sondagens são uma das informações agregadas pelo próprio mercado…

6 Comments

  1. João says:

    caro Pedro,

    o trocasdeopiniao está com muito bom aspecto, parabens a todos os envolvidos na sua preparação.

    aproveito e faço 4 perguntas sobre o mercado e o seu funcionamento (quando o “forum” estiver aberto vai ser provávelmente fácil obter este tipo de respostas), agora tenho de massacrá-lo. desculpe a maçada, sou um curioso crónico.

    1) Neste momento a cotacao da pergunta “portugal vai-se apurar…” tem andado sempre abaixo de 10, as 13.26 andava mesmo por 5%. Como é que é possivel que tendo dado uma ordem de compra pelo meio dia a um limite de 11, ela “nao case” com nenhuma ordem de venda??

    2) ainda não percebi exactamente como é que funcionam os contratos de compra e venda a descoberto. Já estão funcionais? Já é possivel fazer o “lock” de uma determinada data futura?

    3) o preço é sempre o resultado da última oferta “casada” num contrato, certo?

    seria giro podermos saber no site o numero total de utilizadores e gráficos como o que acaba de mostrar (acho que nao dá para uma serie temporal tao grande, verdade?). Enquanto ao numero de users, nao colocam para evitar entradas “massivas” que fomentem manipulação??

    se calhar preciso de ver melhor o site para responder a algumas das perguntas que faço aqui.

    Obrigado,

  2. miguel says:

    Boa tarde,

    Parece-me claro que a informação das sondagens é incorporada. E deve sê-lo, sem dúvida.

    A questão mais relevante é se o mercado agrega informação adicional, alem das sondagens.

    Esta informação adicional é que acrescentaria valor ao processo.

    Adicionalmente, a capacidade de incorporar factos novos, com rapidez, e a superior eficiência do processo de agregação de informação, são alguns dos factores que tornam os information markets um modelo muito atractivo

    Miguel Esteves

  3. pat says:

    Pelo que tenho visto do “mercado”, parece-me que a implementação actual do trocas favorece a falta de liquidez (pode ter vantagens de manter as cotações estáveis, mas impede a convergência num valor mais próximo do mercado).

    Parece óbvio que se existir uma ordem de venda a 20 e uma ordem de compra a 30 essas ordens deveria ser matched a um valor de 25 (se o numero de “acções” pedido/oferecido em cada ordem for diferente deve escolher-se o menor e fazer ainda assim o negócio, e deixar a ordem não totalmente fornecida ainda activa para o remanescente). Se este tipo de matching não for implementado, pelo menos deveria ser possível diversas ordens de compra ou venda simultâneas com valores diferentes para o mesmo contrato…

  4. Pat (e João): é assim mesmo que o mercado funciona, tal como o pat descreve no 2º parágrafo do comentário.

    A possibilidade de diversas ordens de compra ou venda simultâneas já me tinha sido sugerida (ontem mesmo) e acho que faz todo o sentido. Eu posso querer comprar 100 a 20 e 200 a 15. Ou posso querer comprar a 19, mas se não der a 19 a 20, mas se não der a 20 a 21, e tentar tudo isto sequencial e automaticamente. É como dar instruções a um corretor. Já propus isto no Trocas e vamos debater.

    Sobre o coment. do João: a coisa de que ainda não em consegui certificar completamente é a forma como o mercado concilia data de registo da ordem e valor da ordem. Acho que é assim: se eu dou ordem de compra de 20 e o João, depois, de 25, e de repente alguém põe no mercado com limite mínimo de 20, creio que sou eu quem compra primeiro. Talvez por isto tenha demorado a conseguir fazer negócio. Mas vou apurar.

    E sim, há vendas a descoberto. De resto, a maior parte das “fortunas” que há no ranking do Trocas vêm daí. Quando os contratos fecharem é que vão ser elas.

  5. Tarzan says:

    «Acho que é assim: se eu dou ordem de compra de 20 e o João, depois, de 25, e de repente alguém põe no mercado com limite mínimo de 20, creio que sou eu quem compra primeiro.»

    Caro Pedro,

    acho que esta lógica não está certa. A lógica correcta nas ordens de bolsa é:

    Ordem de compra: compro N títulos até ao preço X. E o que acontece é que se dão transacções a começar pelo vendedor com o preço mais baixo, parando quando a quantidade pedida seja satisfeita ou o preço limite tenha sido atingido.

    Ordem de venda: Vendo N títulos a quem esteja disposto a pagar Y ou mais sendo que o valor da transacção será sempre Y. Havendo vários agentes com ordens a preços diversos e acima de Y, tem prioridade que oferece mais. Ou seja, começam-se por atribuir os títulos aos “lotes” de compra mais altos.

    Se assim não for, a lógica das ordens de compra descritas acima, é violada. No exemplo que dá, os dois agentes estão dispostos a pagar 20 pelo título. A única diferença é que outro agente deseja poder continuar comprar mais lotes a preço mais alto se necessário.

  6. Tarzan says:

    Outra pergunta:

    quantos participantes estão activos (com posições abertas) no Trocas de Opinião neste momento? Estou curioso acerca da liquidez do mercado.

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.