Pedro Magalhães

Parece que Hillary vai ter de continuar a dar uma ajudinha.