Pedro Magalhães

Portugal, caso não saibam, é isto

Na BBC:

Na AFP:

No LA Times:

Na Aljazeera:

No Spiegel:

No New York Times:

Na Reuters:

Na MSN:

21 Comments

  1. ou seja um país com artistas de rua

    gente que espera na rua que os bancos abram como se fossem para um concerto de rock

    velhinhas que até desperdiçam milho para pombos

    e zonas comerciais em férias

    e homenzinhos de chapéu como os ingleses

    resumindo um país de sucesso

  2. Brilhante recolha de imagens. É espantoso como os estrangeiros reparam naquilo a que nós portugueses não prestamos a atenção que deveríamos.

    Cumprimentos,

  3. AMCD says:

    Portugal é o que eles quiserem.

    Eles, essas cadeias noticiosas, é que lhe constroem a imagem.

    É que Portugal também são os hotéis cheios do Algarve na Páscoa. Mas isso não convém fazer passar.

  4. António P. says:

    Pois é caro Pedro Magalhães..fotos que podiam ser de Londres, Nova Iorque, Madrid,paris, etc, etc
    Bom fim de semana

  5. isepulveda says:

    Não Portugal não é isto. Não há como os portugueses para dizerem mal do seu próprio País. As imagens estão dentro de um contexto. Dentro desse contexto, não vamos deitar foguetes ou fazer uma festa. Agora, não vão deitar as palavras fora e coleccionar imagens.

  6. Mike says:

    É um país de irónicos contrates! O pormenor da bandeira é engraçado, dado que para além do futebol, o pessoal está-se pouco lixando para ser um bocadinho nacionalista a tempo inteiro!… ^_^)

  7. Mig says:

    Conheço muitas cidades Europeias com muitas zonas bem piores que as cidades Portuguesas. Que tal Bruxelas, Londres, Paris, Genebra…

  8. Teresa says:

    Conheço um Ingles que me contou que a sua neta (com problemas de saude graves) e filha vieram para cá viver ”because the Portuguese are very kind people”
    Temos que melhorar a nossa auto opinião…
    A propósito disso uma Austríaca disse-me:voçês acham que os Portugueses são invejosos?É porque não conhecem bem os Austríacos…
    Portugal é muitas coisas e algumas delas são fantásticas.

  9. Julien Diogo says:

    Concordo plenamente com isepulveda…
    Portugueses acordem para a vida, devemos trabalhar, inovar e não ter medo de criar e arriscar…
    Portugal tem potencial unico, somos pequenos, devemos apostar na nossa dimnesão…ie, qualidade e inovação…e aqui poucos no batem…Contudo, com portugueses a pintarem o nosso país com imagens que existem de facto, mas que existem num contexto…Enfim…mas cabe a pessoas como eu, que amam o país (e não nasci cá, sou françês) e que querem ver os portugueses no TOPO, lutar contra estas ideias…

  10. Já agora, o objectivo do post era apenas mostrar como somos apresentados na imprensa internacional no actual contexto. E mais indirectamente, lembrar que, em muitos casos, é também assim que ficamos a saber como são outros países que não o nosso.

  11. Já agora, o objectivo do post era apenas mostrar como somos apresentados na imprensa internacional no actual contexto. E mais indirectamente, lembrar que, em muitos casos, é também assim que ficamos a saber como são outros países que não o nosso.

  12. Já agora,duplicou

    mais ou menos como a dívida

    fazer tudo em triplicado é coisa quase tipica das burocracias ditas democráticas ou populares tanto faz…

  13. e publicidade subliminar ao BPI

    nº1 em 2010

    em 2011 será?

  14. Todas essas imagens acompanham notícias sobre o pedido de ajuda, o que deve ter influenciado a sua escolha (jornalismo é jornalismo é jornalismo).

  15. Rita Santos says:

    Velhotes e pedintes. Pois, é isso é. Também é muito mais. Mas com o FMI é mesmo isso que vão mostrar. Se estivessemos num contexto de crescimento económico as imagens seriam outras. Custa ver, mas faz sentido.
    *****

  16. Para os outros, nós somos aquilo que lhes interessa mostrar. Obrigado pelo post, Pedro

  17. João Vasco says:

    «E mais indirectamente, lembrar que, em muitos casos, é também assim que ficamos a saber como são outros países que não o nosso.»

    Exacto.

    Já várias vezes soube de pessoas de países na América do Sul ou da Ásia indignadas pela forma distorcida como a imprensa internacional apresenta os seus países, nomeadamente através da selecção de imagens.

    É fácil compreender que as motivações da imprensa não são tão maquiavélicas quanto podem parecer aos retratados – afinal, esse tipo de imagens pode trazer mais impacto à notícia, e conseguir mais atenção, e creio que isso motiva mais a escolha que qualquer vontade consciente de retratar o país em questão assim ou assado.

    Mas é importante – por isso mesmo – ter a noção que esta distorção existe. E nada melhor do que ver como a realidade que conhecemos pode ser apresentada de forma tão diferente através das fotografias seleccionadas, para sermos menos influenciados por este tipo de fotos quando construímos a imagem de um país distante que esteve na imprensa a propósito de um problema qualquer, e nesse contexto foi retratado.

  18. francisco says:

    Belas fotos….
    São imagens deveras deprimentes, mas que infelizmente não caracterizam só a cidade de Lisboa. As mesmas poderiam ter sido captadas em Paris, Amesterdão, Bruxelas, Berlim, Hamburgo, Madrid……. Mas pronto! Agora está na moda mostrar o quão miserável é o povo português!

Leave a Comment

You must be logged in to post a comment.